Todo mundo ja ouviu falar que o corretivo deve ser 1 ou 2 tons mais claro do que o seu tom de pele. O que agente não sabia é que isso é ERRADO! OMG! A verdade é que para disfarçar as temidas olheiras (ai como sofro) a gente apela pra tudo e todos atrás de solução. Olha só as vítimas famosas do “olho de panda invertido”
  Antes que você gaste mais do que devia com corretivos que NÂO vão resolver nem corrigir nada vão apenas ressaltar o problema, se liguem na dica que peguei com a Renata do blog Conversa de Beleza.
“Corretivo é tentativa e erro. Dependendo do tom da olheira, melhor da cor exata da pele. Mas, em muitos casos, um tom levemente mais escuro acaba cobrindo melhor…Tem gente que chega a ficar acinzentada, de tanto que erram na cor do corretivo.”
Vergonha é perceber que você está nessa situação só depois que vê a foto! =´(
O culpado: Corretor para olheiras  do Boticário
Para peles claras ela recomenda:

“Corretivo mais claro, NUNCA. Procure um corretivo levemente mais escuro que a sua pele e que tenda para o pêssego ou salmão. O corretivo tem que ser levemente rosado/coral e não amarelado – é o que dá resultados melhores para peles brancas com olheiras bem marcadas. Uma boa pedida é o corretivo em bastão da Tracta, o Brown. Ele é um corretor da cor, você pode usá-lo antes da base, para deixar a região das suas olheiras com a cor neutralizada. Daí, quando você aplicar a base, aplique em batidinhas, para ela não arrastar o corretor que você passou antes. Se ainda achar que precisa de correção, daí você usa o corretivo normal, da cor da sua pele (mas também com fundo mais rosadinho) por cima da base.”
Resumindo, para olheiras bem pronunciadas, eu gosto de fazer 3 passos:
1- Corretor da cor (o brown, da Tracta, que é apessegado)
2- A base, para deixar a sua pele uniforme (em batidinhas na região da olheira)
3- Se necessário, o corretivo da sua cor, com fundo rosado de preferência. JAMAIS mais claro que você!
Panda Invertido NUCA MAIS!