Qual não foi minha admiração e queixo caído quando vi hoje, no site mais bapho do mundo em relação à moda, o Fashionista, quando me deparei com a notícia de que um programa da TV brasileira , o programa A liga da rede Band, havia feito uma denúncia a respeito de trabalho escravo de uma determinada empresa que comercializa no Brasil roupas de fast fashion, e mais incrível, logo a Zara! Me deu um misto de revolta e vergonha alheia quando li a matéria, poxa, mais uma vez saímos de errados para a imprensa mundial! Segundo a reportagem, trabalhadores bolivianos que vieram em busca de melhoria de vida, estavam sendo mantidos sob trabalho escravo nas facções nome dado às empresas de costura que eram contratadas pela Zara do Brasil para fazerem as roupas, seguindo, claro os croquis da espanhola! Espero que esse episódio tenha sido o último, já ouvi denúncias de outras rede de fast fashion brasileiras, e que cara de pau gigante da Zara do Brasil, uma das mais CARAS do mundo, apesar dos muitos dígitos pagos pelas consmidoras brasileiras, eles aproveitama mão de obra escrava e fazem um tipo de enriquecimento ilícito em cima de nós e desses pobres trabalhadores! Fica aqui a minha revolta, e vamos ver que postura a Zara vai tomar em relação a isso,porque senão, nossa única saída será comprar nas gringas quando for ao exterior ou se jogar nos blogs de compras que muitas brasileiras que moram fora têm!
Esperamos uma postura honesta e correta da fast fashion, e assim poderemos fazer compras felizes e com a consciência limpa!!